quarta-feira, 29 de maio de 2013

Aos Inimigos


A minha mesa chamo os inimigos

Faço a boa e peço a Dionísio um ótimo vinho
E brindo.. e brindo ... 
Mesmo em guerra ainda os amo como amigo ... 


- Skillera.

2 comentários:

  1. Oi, Tábata! Não sei não. Em tempo de guerra, eu não tomaria o vinho servido pelo meu inimigo. Ah, quero te convidar para que visite e comente minha GENYSIS no http://jefhcardoso.blogspot.com Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe, certamente não é muito inteligente, a menos que se tenha algum truque na manga. Mas isso fala de amor meu caro Jef, e o amor as vezes é... Inconsequente? rs Por aí. Fala sobre um sentimento quase "Jesuniano", onde se ama até mesmo os inimigos.

      Oh gosh. hsahusauhsa

      Darei uma olhada sim querido, abraço! ;]

      Excluir