sábado, 21 de janeiro de 2012

Devaneios de despedida

Hoje é uma noite daquelas em minha cidade, que me lembra muito quando eu era criança, perdia o sono, sempre nessa mesma casa (não morei em tantas casas. Na verdade, quando criei certa consciência já estava nessa), e ficava atenta a tudo, até voltar a pegar no sono.

Meu quarto está quente por causa do computador, mas lá fora está uma noite fresca de verão. Tem grilos fazendo barulho lá fora, fazia muito tempo que eu não ouvia isso (ou não prestava atenção).
Tem um Duende repousando em minha cama, meu cachorro adora ele! Estávamos vendo O Silêncio Dos Inocentes pelo computador, mas duendes não gostam tanto de filmes de terror. Na verdade, é suspense. Mas ele estava cansado... Se entediou e caiu no sono. Meu cachorro também migrou pro quarto dos meus pais. Talvez só eu goste desse tipo de coisa, rs.

Na verdade eu comecei esse post, pra falar dos grilos e da minha ida até São Paulo (capital. Eu moro no litoral),
mas penso que seria divertido falar um pouco também das gaivotas que ouvi cantar, numa manhã recente que passei acordada.
Isso também me lembra infância. É foda, porque eu sempre morei aqui (não que isso seja ruim, pelo contrário.) então qualquer lembrança, vai me lembrar infância. Minha vida não mudou drasticamente nunca (ainda).
Sei que é moda, mas se eu viesse a tatuar isso:


Teria mais significado pra mim do que pra muita gente que sai se tatuando por moda.
Nada contra pra falar a verdade. Cada um é dono da pele que tem. Mas como tem significado para mim, a probabilidade de eu me arrepender é menor.
Sempre observei as gaivotas quando ia a praia. Com o tempo elas foram diminuindo...
Minha curiosidade de cientista me instiga hoje a saber, POR QUÊ elas foram desaparecendo.
Será que foi distração minha, ou realmente elas estão sumindo da praia onde eu moro?
Elas são tão lindas ...
Vocês já viram um gaivota de perto ? É muito maior do que parece!
Vira um animal imponente de asas abertas! A parte branca parece sorvete de creme ... Mal consigo notar que são penas. E a parte escura, parece petróleo.
Os olhos parecem pretos, mas são claros. Eu acho um pouco meigo. Mas as vezes, são indiferentes, estão mais preocupadas em raptar pequenos peixes da beira d'agua do que comigo.



Meu cachorro adora correr atrás. Mas ele não é páreo. Simplesmente vai atrás, pelo prazer de correr molhando as patas, bobo, me apaixonando pelo jeito de filhote.
Já tem lá quase dez anos, mas pra mim será bebê até o dia que morrer . As vezes perguntam se o Max é meu filho, pelo modo que falo dele. É quase, é meu filho de quatro patas.

Vou sentir falta de acordar no meu quarto espaçoso, se abraçar meus quatro cachorros a hora que eu sentir vontade,
vou sentir saudade do som dos grilos à noite, e das gaivotas tagarelando em cima do meu telhado de manhã.
Sentirei falta do cheiro de praia
Da comida da minha mãe
e do meu pai que nunca me cobra.
Sentirei falta do Duende. Coitados, duendes tem problemas com internet quase sempre.

Eu já havia falado a vocês que eu tinha um segredo, uma surpresa ? Não me lembro ... E não hei de lembrar, não ponho tags nos meus posts ...
Mas pois é, eu tenho sim um segredo surpresa.
Deveria revelar nesse post, mas fiquei com preguiça. A inspiração se inclinou para o outro lado.

Digam-me: Vocês tem sonhos? Quais estão mais próximos de se realizar ?
Vocês já sofreram mudanças? Foram boas ou ruins? Foram ruins no início e se tornaram boas, ou foi o contrário ?
Como é fazer novos amigos?
Vocês moram com os pais? Avós? Tios? Sós ?
Como se sentem em relação a isso ?

Me falem de vocês.
Eu me importo .


Próximo post eu conto tudo ;)
...

4 comentários:

  1. :O Vai vir morar em São Paulo?
    mudanças fazem parte da nossa vida, a minha sempre foi cheia delas, já morei em São bernardo, São Caetano, Mongaguá, São Paulo, já morei com meus avós, tios, amigos, e atualmente moro com minha mãe. e quer saber de um segredo, o único lugar q eu senti q estava em casa era na praia, com os pés enfiados na areia e ouvindo o som do mar.
    Mas seguir nossos sonhos é tbm aprender a abrir mão de certas coisas. E vale a pena sim, fazer novos amigos é incrível, descobrir quem são os verdadeiros melhor ainda, e se vai ser bom ou ruim só depende da gente decidir, tudo tem seu lado bom e ruim, a gente é que escolhe com devemos nos apegar.
    Estou ansiosa pelo seu próximo post.E to falando de mais aqui.
    Boa noite, e um ótimo fds.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha eu escreveria meu próximo post AGORA se não estivesse com TANTO SONO.
      Caraca, que legal! Você já morou até com amigos? hahaha dona andarilha! u.u te invejo
      mas não deve ser nada fácil!

      É incrível morar no litoral, eu moro ao lado de Mongaguá (onde você morou) sentirei muita falta da praia. Mas acima da praia, sentirei muita falta dos meus cães. Não sei ainda como vou suportar o dia sem meus bichos. =\
      De todo modo, onde a mãe da srt mora atualmente? xD vamos fazer um encontro de blogueiras!
      hahahaha'

      Até o próximo post Mellz ;]

      Excluir
  2. Vai ir morar aonde? Sentirei saudades seja aonde for.

    ResponderExcluir