domingo, 6 de novembro de 2011

Perda

.










Não há o que dizer.
Nada vai consolar
Um vazio imenso
E a sensação de perda ...
Não leve a mal, seus passos eu não vou seguir
Prefiro festejar a dor
Prefiro louvar o dia que conheci alguém especial

Felipe Couto .

E chorar a cada ausência que eu não puder suportar
Mas me recuso
EU ME RECUSO
A acabar comigo mesma, pela falta de alguém
Pois não foi isso que eu preguei quando o conheci
Eu preguei que a vida sempre continua, e nós só precisamos dar valor as pequenas coisas para nos mantermos mais felizes ...
Então existe sim um vazio
Uma saudade que abriu um buraco no meio da minha barriga
Parece que quem recebeu a bala fui eu.


O desespero ... A sensação de abandono
A sensação de estar sozinha no mundo


Mãe, mãe
Mataram meu amigo
Mãe
Estou sozinha .

Mas não é verdade, é só saudade.
Saudade .
Até algum dia !


De todos os seus sorrisos, posso afirmar, que o maior
foi todo meu .

2 comentários:

  1. Ainda que uma perda,literal ou não,doe em nossa alma, temos que seguir.
    Ainda que as cicatrizes permaneçam,temos que continuar.Lembrando que a ferida da amizade,esta sim, tem que ser incurável.Beijo e só.:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir
  2. Verdade. Ao menos foi algo bom (não perde-lo, conhece-lo.) Obrigada querido ;)

    ResponderExcluir